• (91) 92000-6716

MTur participa de audiência na Câmara dos Deputados pelo Dia Nacional do Turismo

Representando o ministro Gilson Machado Neto, o secretário William França destacou o empenho do órgão pela recuperação do setor em meio à pandemia

A celebração do Dia Nacional do Turismo (08.05) foi o tema de uma transmissão online realizada nesta sexta-feira (07.05) pela Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados (CTUR). O evento, que contou com autoridades do governo federal, parlamentares e integrantes do trade turístico, abordou a importância do setor para a economia nacional e a adoção de medidas necessárias ao enfrentamento dos impactos da pandemia.

Representando o ministro do Turismo, Gilson Machado, que participa do Encontro de Ministros do Turismo da América Latina na República Dominicana, o secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do Ministério do Turismo, William França, indicou conquistas alcançadas pelo segmento durante o governo Jair Bolsonaro e citou ações voltadas à preparação do ramo para o período pós-Covid.

“Este governo destravou pautas históricas, como a questão dos vistos e a transformação da Embratur em agência, essencial para a promoção do país na retomada pós-pandemia. Estamos organizando ações como a estruturação de Destinos Turísticos Inteligentes e a qualificação de trabalhadores do turismo. Há alguns anos não havia tantos cursos de capacitação ofertados pelo Ministério do Turismo e um número tão expressivo de alunos envolvidos”, ressaltou França.

Por sua vez, André Reis, gerente de Gabinete da Diretoria de Marketing, Inteligência e Comunicação da Embratur, representou na audiência o presidente da Agência, Carlos Brito, que também acompanha a agenda na República Dominicana. Reis manifestou otimismo com o avanço da vacinação contra o coronavírus no país e destacou a atenção do governo federal ao setor, apontando o empenho da Embratur em atender aos anseios do trade.

“Desde o início da pandemia, temos trabalhado incansavelmente pelo turismo brasileiro e tivemos um apoio incondicional do presidente da República, Jair Bolsonaro. O turismo nunca teve tanto espaço na pauta nacional. E nós, da Embratur, estamos de portas abertas, como sempre, para discutir ações e ajudar o trade”, comentou, lembrando ainda a retomada, a partir de julho deste ano, do trabalho de promoção internacional do país promovido pela Embratur.

Já o presidente da CTUR, João Carlos Bacelar, e o deputado Eduardo Bismarck, autor do requerimento de realização da audiência desta sexta-feira, apontaram a necessidade de medidas adicionais de socorro ao setor. “É necessário dar um passo à frente e discutir ações para garantir a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos, bem como para preparar o setor para a retomada do turismo após a vitória sobre a pandemia”, sustentou Bacelar.

A transmissão teve ainda as participações do presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), Bruno Wendling; do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Manoel Linhares, e do presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz, além dos deputados Felipe Carreras, Herculano Passos, Marx Beltrão, Otavio Leite e Newton Cardoso Júnior, entre outros.

SOBRE A DATA - A instituição do Dia Nacional do Turismo ocorreu em 2012, a partir da lei federal 12.625. A data se refere a 8 de maio de 1916, quando o Estado do Paraná solicitou que terras nas Cataratas do Iguaçu fossem desapropriadas e declaradas de utilidade pública para a criação de um parque. A demanda foi acatada em julho de 1916, com o Decreto Estadual nº 653. Hoje, o local recebe milhares de visitantes e constitui um ícone do turismo brasileiro.

 

Por André Martins

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo